Arqpet apresenta trabalho na XV ENANPUR

                


             O ArqPET esteve presente no XV Encontro da ANPUR (Associação Nacional de Planejamento Urbano e Regional), realizado de 20 a 24 de maio, em Recife-PE. O encontro permitiu reflexões sobre as problemáticas que atingem o ambiente urbano e regional, abrangendo temas que iam desde a produção e estruturação da cidade à política habitacional e regulação estatal.
              O evento, que acontece bienalmente, conta com apresentações de uma série de artigos que retratam trabalhos realizados em todo o país. O ArqPET teve sua contribuição através do artigo intitulado “ZEIS de vazio urbano em Fortaleza e o controle da valorização imobiliária”, de autoria de Fernanda Cavalcante, Lara Sucupira, Nággila Frota e Renan Marinho, com orientação da Prof.ª Dra. Clarissa Freitas, tutora do PET. O trabalho foi apresentado no formato pôster durante os dias 22 e 23.



O artigo: ZEIS de vazio urbano em Fortaleza e o controle da valorização imobiliária

 
Apresentação do pôster na ENANPUR
            O artigo foi um dos produtos da linha de pesquisa sobre os impactos das ZEIS no mercado imobiliário de Fortaleza, que teve início em 2011 quando membros do PET participaram de um projeto de extensão financiandos pelo Ministério das Cidades e o Ministério da Educação (edital PROEXT 2010). A pesquisa propunha-se a analisar em que medida o instrumento ZEIS está atuando no controle da valorização imobiliária, desde que foi instituído pelo Plano Diretor Participativo do município em 2009.
           A metodologia adotada consistiu em duas partes: na análise do processo de alteração entre os polígonos de ZEIS inicialmente propostos e aqueles que se efetivaram junto ao plano diretor, e na avaliação das evoluções do preço da terra e do número de vendas em tais terrenos, em comparação com os demais terrenos na cidade. Para tanto foram utilizados dados secundários, como fotos aéreas e o banco de dados sobre o preço da terra confeccionado para a cobrança do Imposto sobre Transmissão de Bens Inter-vivos (ITBI), fornecido pela Secretaria de Finanças do Município de Fortaleza.
              Com o auxílio do software de geoprocessamento ARCGIS, espacializaram-se os dados do ITBI na base cartográfica de Fortaleza. O procedimento permitiu o cruzamento das informações e, consequentemente, a mensuração do valor e da quantidade de comercializações realizadas dentro e fora dos limites das ZEIS.
                O pôster e os resultados da pesquisa podem ser vistos na íntegra através do link:


Além da participação no ENANPUR, a pesquisa também foi apresentada num formato preliminar em 2012, no 2° Congresso Internacional: Sustentabilidade e Habitação de Interesse Social (CHIS 2012), sediado em Porto Alegre.



O ArqPET está satisfeito com os produtos obtidos e com essa primeira experiência adquirida pelos bolsistas no âmbito da pesquisa, a qual, sem dúvidas, trouxe boas contribuições para a formação acadêmica dos mesmos.

Comentários